30/11/2016

Este Natal, leituras sem fim com a Bertrand Editora

Viagens ao passado, nostalgia, espionagem, aventura, vilania, manobras políticas e romance. Para este Natal, a Bertrand Editora promete uma montanha russa de emoções com um vasto leque de sugestões de leitura. Encontre o livro ideal para si, para oferecer, para guardar. Deixe-se hipnotizar pelas histórias e ofereça livros da Bertrand Editora. Livros para todos. 

A Sebenta do Tempo, Mário Augusto - Por que é que aos 15 anos o verão nos parecia mais azul? Como se relacionam uma cassete de áudio e uma caneta BIC? E que recordações associamos ao Hotel California, dos Eagles? Mário Augusto viaja no tempo para recordar os bons velhos tempos, em «A Sebenta do Tempo», que chegou às livrarias a 4 de novembro. Este Manual de Memórias para Esquecidos compila as mais queridas recordações de infância daqueles que a viveram entre as décadas de 60 e 70, prometendo momentos saudosistas e revivalistas aos que acarinham memórias da meninice: entre Lambarices e Guloseimas, Leituras e BD, Gira-Discos e Cassetes Piratas no Parque de Diversões, o autor guiará os leitores numa autêntica expedição ao passado.  

A Outra Metade de Mim, Affinity Konar - «A outra metade de mim» é o mais recente livro de Affinity Konar, o qual acompanha a história de duas irmãs gémeas que se tornam cobaias do célebre Zoo de Mengele, na qualidade de cobaias. Inspirado em acontecimentos reais, «A outra metade de mim» retrata os horrores de Auschwitz durante a Alemanha nazi e, em particular, as experiências hediondas de Josef Mengele. Entre ter sido considerado um dos melhores livros do ano pela Publishers Weekly e melhor livro do mês na Amazon, «A outra metade de mim» integra também a lista de 21 livros incríveis elaborada pelo Buzzfeed e a lista da Elle com os 21 livros de leitura obrigatória. Foi também considerado pelo Wall Street Journal um dos livros mais aguardados do outono e escolhido como um romance obrigatório pela Entertainment Weekly. 

Mulherzinhas, Louisa May Alcott - A Bertrand Editora lançou, pela primeira vez, «Mulherzinhas», de Louisa May Alcott. Este grande clássico da literatura juvenil foi publicado originalmente em 1868 continua a permanecer como uma das leituras preferenciais entre jovens, contando com personagens marcantes e com um enredo distinguido pela união familiar e o amor. «Mulherzinhas» acompanha a história de quatro irmãs, Jo, Meg, Amy e Beth, num cenário de pobreza e austeridade, depois de verem o seu pai partir para a guerra.  
À Margem- A Minha Vida na Intriga Internacional, Frederick Forsyth - Durante mais de 40 anos, Frederick Forsyth escreveu livros sobre espionagem e intriga e, agora, chega um dos livros mais aguardados pelos leitores: a sua história. Em «À Margem - na Intriga Internacional», o autor conta a sua experiência como piloto da Royal Air Force, jornalista internacional, escritor e espião, passando por situações de enorme perigo ocorridas em períodos marcantes do século XX. Com um enorme reconhecimento internacional, Frederick Forsyth escapou por pouco à ira de um traficante de armas em Hamburgo, foi metralhado durante a guerra civil da Nigéria e aterrou na Guiné-Bissau a meio de um sangrento golpe de Estado, entre muitos outros episódios igualmente fascinantes. 

O Advogado Mafioso, John Grisham - John Grisham está de volta com um thriller judicial de leitura absolutamente viciante, no qual o protagonista – Sebastian Rudd – é um advogado pouco comum: «A única alternativa honrosa para um advogado empenhado em salvar um cliente inocente é enganar na defesa». É assim que se apresenta o protagonista de O Advogado Mafioso, o nono romance a ser publicado pela Bertrand Editora da autoria do aclamado escritor best-seller. John Grisham é o autor mais popular da América e um dos mais populares do mundo, com mais de 300 milhões de exemplares vendidos e traduzido para 40 línguas. Os seus títulos foram por diversas vezes nº 1 do The New York Times. É, igualmente, em Portugal um autor de grande sucesso.   
  
História de um Canalha, Julia Navarro - História de Um Canalha é o novo título de Julia Navarro, conhecida escritora espanhola célebre pelos seus fortíssimos best-sellers no género romance histórico. Com este novo livro, a autora faz uma ousada mudança de tema e estilo, aventurando-se numa história inteiramente contemporânea protagonizada por um homem sem escrúpulos, que dedicou a sua vida às áreas mais sinistras e imorais da publicidade e da assessoria de imagem (a destruição de reputações, a troca de influências e a compra de opiniões). Thomas Spencer é a personagem central deste livro. 

Cuidado com o que Desejas, Jeffrey Archer – Cuidado com o que Desejas é o quarto volume das Crónicas dos Clifton, de Jeffrey Archer. Este é um livro muito aguardado por aqueles que acompanham esta saga absolutamente fascinante, que atravessa várias gerações familiares ao longo de um século de história. Neste volume, o escritor conta a história da família Clifton entre 1957 e 1964, estando no centro de todo o drama a batalha entre a família Clifton e o seu principal inimigo, o magnata e gangster argentino Don Pedro Martinez. Jeffrey Archer introduz ainda novas personagens neste quarto volume, que prometem agitar as vidas da família. Simultaneamente a saga de uma família e a saga de um século vivida dos dois lados do Oceano Atlântico, as Crónicas dos Clifton são livros riquíssimos com todos os elementos fundamentais a uma grande obra de ficção: romance, sexo, amores proibidos, intriga política, história do século XX, o mundo das grandes corporações, mas também da arte e da aristocracia.  

O Euro, Joseph Stiglitz - O Euro, do académico norte-americano Joseph E. Stiglitz, pretende mostrar que o mandato do Banco Central Europeu está erradamente obstinado pelo controlo da inflação. Assim, o autor propõe três alternativas: uma reforma profunda na estrutura da Zona Euro e nas políticas impostas aos países-membros mais atingidos; uma gestão cuidada para acabar com a Zona Euro; ou um novo sistema corajoso, apelidado de "euro flexível". Esta é uma leitura urgente e essencial, que inclui um capítulo escrito após o referendo que deu origem à saída britânica da União Europeia, o  Brexit, apresentando uma reflexão sobre as questões que lhe estão associadas. 

SPQR Uma História da Roma Antiga, Mary Beard - «S.P.Q.R.» (“o Senado e Povo de Roma”) narra a ascensão inédita de uma pequena aldeia no centro da Itália, a capital de uma civilização que, 2000 anos depois, ainda molda muitas das nossas conceções de poder, cidadania, responsabilidade e beleza. Questiona a forma como pensamos os romanos e explora o modo como os romanos se viam a si mesmos. «Roma Antiga é importante. Ignorar os romanos não é simplesmente virar a cara ao passado distante. Roma ainda ajuda a definir a maneira como compreendemos o nosso mundo e como pensamos acerca de nós mesmos, desde as maiores teorias até às mais baixas comédias. Após 2000 anos, continua a escorar a cultura e a política ocidentais, o que escrevemos e como vemos o mundo e o lugar que nele ocupamos». «S.P.Q.R. – Uma História da Roma Antiga» foi considerado o livro do ano de 2016 pelo Wall Street Journal e pela Economist. 

Uma Mulher no Topo do Mundo, Maria da Conceição com Alexandra Nunes - «Passados dois meses de ter começado a aventura, Maria estava, finalmente, a 8848 metros de altitude, onde poucos conseguem chegar. Aproveitando uma janela de bom tempo nas gélidas montanhas dos Himalaias, partiu para a última fase da escalada. A chegada ao topo demorou 13 horas, enfrentando temperaturas a rondar os 30 graus negativos. «Foi a coisa mais difícil que fiz em termos físicos, mas cume do mundo é ainda mais bonito do que eu alguma vez poderia ter imaginado!», contou Maria, horas depois, à agência de notícias portuguesa LUSA. A notícia do seu feito espalhou-se, ainda que de forma discreta, na imprensa, rádios, televisões e páginas da internet em Portugal, nos Emirados Árabes Unidos (EAU) - onde vive há quase uma década. Maria tinha, assim, uma plataforma para expor o seu ato de bravura e, mais importante do que tudo, para explicar a causa que a movia: ajudar as crianças dos bairros de lata do Bangladesh a sair do ciclo de pobreza.» 


O Diário Secreto de Laura Palmer, de Jennifer Lynch



Opinião:
A série de culto Twin Peaks, criada por Mark Frost e David Lynch em 1990 passou na RTP, foi venerada por uns, mas ignorada por outros, mas tanto eu como o meu marido fomos uns fãs acérrimos e não perdíamos um episódio, depois tecíamos conjecturas e teorias acerca do homicídio de Laura Palmer, por isso não poderia deixar passar esta oportunidade de ler este livro
Este Diário vem colmatar de lacunas que se precisava para encaixar certas peças sobre a morte de Laura Palmer, uma adolescente de uma família convencional, que vivia numa localidade pequena de seu nome Twin Peaks, Laura perante a sociedade era exemplar, pois assim era exigido às jovens, mas, escondia o seu comportamento, de como era na realidade, no fundo levava uma vida de fachada, tinha um lado secreto que encobria perante os pais e a família, os amigos, o que a leva em desespero a colocar tudo por escrito num diário, dar a conhecer a verdadeira Laura, todos os seus actos praticados,  no fundo como que a “justificar-se”, e o que levou à sua morte prematura, uma tragédia que quem lê estas páginas percebe que era o desfecho mais provável.  
Quem não viu a serie pode achar confuso este diário, Laura tem apenas 12 anos quando começa a escrever até ao seu assassinato com 16 anos, revela-se uma adolescente precoce nas suas acções que tão bem transcreve em palavras, mas também são nessas palavras que estão contidos os seus gritos mudos, são como um pedido de socorro, de todo o seu desespero, até antes da sua morte, palavras essas para quem viu a série faz todo o sentido, no entanto poderá ser desesperante, confuso para os outros porque termina sem revelar o autor do brutal homicídio, mas as pistas estão lá nas suas palavras, não é fácil é descortinar, ainda para mais porque existem lacunas, com as páginas que foram arrancadas, tornando tudo ainda mais enigmático do que já é.
Um livro sombrio, intenso, dramático, misterioso, que não deixa o leitor indiferente da tragédia que se abate na localidade de Twin Peaks,  trouxe-me à tona recordações de uma série fantástica.
Fico a aguardar o regresso de Twin Peaks aos ecrãs, já em 2017.

Algumas novidades Marcador nas livrarias

A mulher é uma ilha 
Audur Ava Ólafdóttir
N.º de Páginas
: 392
PVP: 19,50€

Sinopse:
No final de um dia em que foi deixada - duas vezes - e em que matou acidentalmente um ganso, uma jovem mulher anseia por umas férias tropicais, longe do caos da sua vida. Porém, os seus planos são arruinados pelo filho surdo-mudo da sua melhor amiga, deixado ao seu relutante cuidado. Mas quando o rapaz escolhe os números sorteados num bilhete de lotaria, partem os dois numa viagem de carro pela Islândia, com o porta-luvas atulhado com parte do produto do seu jackpot. O que começa como uma aventura espontânea vai alterar, de modo inesperado e profundo, a forma como vê o passado e como planeia o futuro.

"Neste livro, o leitor sente o calor do sol num país nórdico onde o sentimento é um sorriso palpitante, com dois corações. Um agudo e outro grave, esses corações escrevem a partitura de um livro táctil, arrebatador e chocante." Paris Match
COROA DA MEIA NOITE 
SARAH J. MAAS
Nº de Páginas.
408
PVP: 19,95€ 

2º Volume da série TRONO DE VIDRO 

ELA É A MAIOR ASSASSINA QUE O SEU MUNDO ALGUM DIA CONHECEU. MAS ONDE A CONDUZIRÃO A SUA CONSICÊNCIA E O SEU CORAÇÃO?
 

Num trono de vidro, governa um rei com punho de ferro e alma tão negra como o breu. Celaena Sardothien, a Assassina de Adarian, venceu uma competição violenta e tornou-se no seu campeão. No entanto, Celaena está longe de ser leal à Coroa. Ela faz a sua vigilância em segredo; sabe que o homem a quem serve está vergado ao mal. Manter esta encenação mortífera torna-se cada vez mais difícil quando Celaena se apercebe de que não é a única que está à procura de justiça. Ao tentar desvendar os mistérios enterrados no coração do castelo de vidro, a sua relação com as pessoas que lhe são mais próximas sofre com isso. Aparentemente, todos questionam a sua lealdade — Dorian, o príncipe herdeiro; Chaol, o capitão da Guarda; e até mesmo Nehemia, a sua melhor amiga, princesa de um reino distante e com um coração rebelde. Mas numa terrível noite, os segredos que todos eles têm guardado conduzem-nos a uma tragédia indescritível. O mundo de Celaena é destruído e ela é forçada a abdicar daquilo que considera mais precioso e a decidir de uma vez por todas onde está assente a sua verdadeira lealdade... e por quem está disposta a lutar.  
Sobre a autora:
SARAH J. MAAS está entre os autores de maior sucesso nos tops de vendas do The New York Times e do USA Today com a série Trono de Vidro. Sarah vive em Bucks County, na Pensilvânia. Ao longo dos anos, desenvolveu uma paixão assolapada por filmes da Disney e por música pop. Adora contos de fadas e ballet, bebe muito chá e vê muita televisão. Quando não está ocupada a escrever, pode ser vista a explorar as belíssimas zonas históricas da Pensilvânia

Sobre a autora:
Audur Ava Ólafsdóttir nasceu em Reiquiavique, Islândia, em 1958. Estudou história da arte e teoria da arte e é atualmente professora de história da arte na Universidade da Islândia e diretora da coleção de arte dessa instituição. Auður Ava é autora de vários romances. 

Doutor G
Guilherme Duarte 
Nº de Páginas: 216
PVP: 15€

- Tem o blog de humor mais lido em Portugal; e premiado
- Mais de 125 mil fãs no Facebook;
- Presença em programas de TV e rádio (5 Para a Meia Noite, Prova Oral etc).

Sobre o livro:
Do autor do blogue do ano Como Falar Noutra coisa 
Um Manual para fazer amor à bruta e diminuir as guerras no mundo.
Além da compilação das melhores consultas online dadas pelo Doutor G, este livro conta ainda com conteúdo inédito e original, e que só poderão ler aqui ou num PDF pirateado a circular pela internet. Com novas dúvidas e respostas nunca antes publicadas, esta enciclopédia sexual contém dicas de sedução, seja online, seja no mundo real, e um glossário que aumentará o vocabulário eloquento javardo da população portuguesa e daquelas duas ou três pessoas do Brasil e Angola que vão comprar o livro porque têm um amigo português que lhes disse que era giro.

O autor:
DOUTOR G, é o alter ego de GUILHERME DUARTE que é um sujeito com mais de trinta primaveras nos ombros.
Nascido, criado e (ainda) residente na bela e pitoresca localidade da Buraca, cedo aprendeu que fazer rir era bom, sobretudo para desarmar gandins. É o autor do blogue Por Falar Noutra Coisa, que, em menos de dois anos, se tornou um dos mais lidos de Portugal. Concilia o trabalho a tempo inteiro com a sua faceta de blogger e comentador da atualidade. Não se assume como humorista, porque isso era o mesmo que dizer que é futebolista por jogar, de vez em quando, com os amigos. Embora nunca tenha sido hisper, já tinha barba antes de virar moda.
Pode ver todas as novidades aqui

Corações na Escuridão, de Laura Kaye



Opinião:
Um livro que se lê de uma assentada, sem nunca se perder o interesse, gira em torno de um casal que nunca se viu e apenas têm um pequeno vislumbre um do outro antes de ficarem confinados num elevador, completamente às escuras, são dois estranhos,  provavelmente, se Makenna e Caden se cruzassem no dia a dia não se sentiriam atraídos um pelo outro, por serem tão diferentes, e por viverem em mundos opostos, o que só demonstra que não devemos julgar ninguém pela aparência.
Caden esconde-se por detrás de uma capa de durão, postura que assumiu perante a vida, esconde-se por detrás de tatuagens e piercings, engana, não deixa ver a pessoa que está dentro dele, trata-se de um homem cheio de traumas devido a um passado que o marcou, por isso refugia-se num mundo só dele, apesar de exercer uma profissão em que ajuda os outros, Makenna tem oportunidade de ver o verdadeiro eu de Caden, naquelas horas em que ficam presos no elevador, ambos se abrem e, se expõem naturalmente sem sentirem que tem de agradar um ao outro, revelando segredos que não o fariam com outros e nasce uma atracção entre eles, que vai passar cá para fora quando saem do elevador, que advém desse diálogo entre eles, diálogo esse que consegue chegar de uma forma tão natural ao leitor.
Sem dúvida que a autora soube em poucas páginas, (150), criar uma história que desperta o interesse de quem está a ler do principio ao fim, com uma escrita fluída, tem momentos sensuais, pois trata-se de um romance erótico, mas mistura também momentos de humor, num todo é uma narrativa que cativa pela sua simplicidade, mas no final acaba por saber a pouco, fica-se a pensar: será que tem continuação?
Corações na Escuridão, é um livro que certamente vai agradar aos fãs deste género literário. Pessoalmente gostei.